Reflexões

Eficiência na gestão de contencioso jurídico

As organizações que comercializam bens e serviços diretamente ao consumidor possuem um grande desafio para gerir processos e mitigar riscos em todas as áreas do direito. Além da complexidade jurídica de cada negócio, existem oportunidades importantes com relação a busca por maior eficiência de seus processos internos.

Dados dos balanços das principais empresas de diferentes setores de atuação, mostram que as provisões judiciais representam uma parcela importante da receita anual, bloqueando capital que poderia ser investido. Além disso, em média 37% destes valores se efetivam em condenações que comprometem o lucro destas organizações.

eficiencia gestao1

Independentemente do setor de atuação destas empresas, existem alguns desafios que são encarados por grande parte das que atuam hoje no Brasil. Entre eles:

DISPONIBILIDADE E QUALIDADE DE INFORMAÇÃO – disponibilidade de informação sobre processos novos e/ou em andamento em tempo hábil e com qualidade, para permitir uma atuação ágil e consequentemente mitigar revelias e minimizar os valores das condenações

Atualmente a justiça brasileira está se modernizando e migrando as informações dos processos para bases de dados eletrônicas, o que tem facilitado e ampliado abrangência de métodos de captura e atualização automáticos nas organizações. Porém no âmbito administrativo ainda não há perspectiva de unificação/disponibilização de dados na rede. A exemplo dos órgãos reguladores regionais.

CONTROLE FINANCEIRO – gestão eficiente de provisões, depósitos judiciais e honorários pagos aos escritórios parceiros minimizando despesas operacionais e garantindo a recuperação ágil de valores bloqueados
Muitas organizações deixam de recuperar depósitos judiciais no momento em que os processos são encerrados, deixando de liberar capital para que a empresa possa realizar seus investimentos. Além disso, quando se trata da gestão dos contratos de honorários, as empresas que trabalham com muitos parceiros e com variações nos modelos de cobrança, podem ter dificuldade em validar as cobranças e atuar nas negociações com escritórios.

GESTÃO DE PROCESSOS – compliance e eficiência operacional a partir da formalização e otimização de processos, normas e políticas
Reduzir o fluxo de documentos e a burocracia interna, sem perder rastreabilidade e compliance dos processos é um desafio para as grandes organizações. Exemplos como uma Política de Acordos, podem dar agilidade na tratativa de processos e assim reduzir os custos administrativos e valores de condenação. Nós da Cosin Consulting, com base em nossa experiência suportando Departamentos Jurídicos de nossos clientes na modelagem/concepção de modelos de operação, implantação e melhoria contínua, acreditamos que para endereçar esses desafios é necessário atuar em diferentes frentes de forma coordenada.
eficiencia gestao2